segunda-feira, 4 de junho de 2012

Bruschette com pecorino e nozes



Gente,

Essa é mais uma entradinha do jantar do dia 26/5. Trata-se de uma Bruschetta cuja receita está no livro Sob o Sol da Toscana. O livro traz muitas receitas da Toscana (região que mais amo na Itália-aliás, difícil dizer a que mais gosto!).Porém essa eu usei a receita do livro Receber com charme (que não derrete o queijo) mas aguardem que farei tal qual o livro , cujas receitas estão abaixo.

Abaixo receitas do livro (todas que pretendo fazer!) retirei do Blog Órfão de Ofélia :
Crostini, os antipasti que aparecem em todos os cardápios da Toscana, e bruschette são pedaços de pão sobre os quais se aplicam ou se espalham diversas coberturas. Os crostini são fatias redondas de pão, daquelas bisnagas vendidas no forno. (…) Bruschette são feitas com pão de forma comum, fatiado, molhado rapidamente no azeite de oliva, grelhado ou assado na brasa, no qual depois se esfrega um dente de alho. No verão, com tomates picados e manjericão, aparece muitas vezes como primeiro prato ou lanche. Já as robustas bruschette de inverno são divertidas de preparar na lareira.

Bruschette com pecorino e nozes Prepare bruschette como descrito acima. Para cada bruschetta, derreta lentamente uma fatia de pecorino (ou fontina) numa frigideira sobre carvões quentes ou no fogão. Quando ligeiramente derretido, salpique nozes picadas sobre o queijo. Com uma espátula, passe o queijo para o pão tostado.
Bruschette com pecorino e prosciutto Prepare bruschette. Numa frigideira de ferro sobre as brasas ou numa frigideira antiaderente no fogão, derreta levemente o pecorino, cubra com o prosciutto e então com mais uma fatia de pecorino. Vire para que os dois lados derretam e encrespem nas pontas. Passe para o pão.

Bruschette com verduras Pique cavolo nero, repolho negro (ou acelga). Tempre e refogue em azeite de oliva com dois dentes de alho amassados. Espalhe um ou duas colheres de sopa em casa bruschetta.

Bruschette com pesto di rucola Prepare bruschette, desta vez cortando o pão em pedaços pequenos. Num pilão ou num processador de alimentos, triture um molho de rúcula, sala e pimenta, dois dentes de alho e ¼ de xícara de pinhões. Misture bem e então vá incorporando lentamente azeite de oliva em quantidade suficiente para fazer uma pasta grossa. Acrescente ½ xícara de parmesão ralado. Passe no pão tostado.” 

Nota: não é tão fácil encontrar pecorino ou fontina por aqui, mas acho que podemos fazer experimentações com outros queijos. O prosciutto pode ser trocado pelo presunto de parma e o repolho roxo pelo comum ou por acelga. Que tal?

A Receita que fiz do Livro Receber com Charme;

Ingredientes:
Queijo Pecorino
Baguette "dormida" (ou pão italiano)
Nozes

Modo de fazer

Passei um pouco de manteiga em uma baguette e torrei-a no forno. Ao esfriar cortei em rodelas e coloquei fatias finas de pecorino (comprado a peso de ouro na Perini e  com uma qulidade duvidosa, principalmente em comparação aos maravilhooooosos pecorinos da Itália). Enfim só isso. A reaçào dos amigos foi surpreendente. Amaram e citaram o conjunto de sabores hamônicos  que se formou.


Nenhum comentário: