sábado, 25 de dezembro de 2010

Ceia de Natal - Pudim de Avelãs


Creio que de tudo que fiz para  o Natal o que mais amei foi esse Pudim . Ele me lembra a Europa... aquele sabor marcante de avelã que tanto amo! é um pudim totalmente diferente, foge daquela fórmula do leite moça. Peguei no site Trem Bom (Blog que amo) que achou neste livro  The Big Sur Bakery Cookbook Enfim, fiz algumas adaptações tais  como,   não fiz em forminhas pequenas e não utilizaei as  avelãs picadas ao fundo, fia a calda de forma diferente: Amo esse pudim! As fotos não ficaram a altura das fotos de Cela pois tínhamos pressa de sair antes da ceia.

Para a calda:
Não utilizaei a calda original, fiz a de Pierre Hermé (Larousse das sobremesas de Pierre Hermé) que éigual a que minha mãe usava hà 50 anos atrás no interior da Bahia.. rs
  •  100 g de açúcar
  •  30 ml de água
  • 4 gotas de limão (usei siciliano)
->misturar e deixar caramelizar no fogo bem baixo  forrar a forma com essa calda. Deixe para fazer quando  o creme já estiver pronto
Para o creme do pudim:
  • 1 xicara de avelãs
  • 2 xícaras de leite
  • 2 xícaras de creme de leite fresco (utilizaei duas caixinhas)
  • ¾ xícaras de açúcar
  • ½ colher chá de sal niveladas
  • 3 ovos inteiros
  • 5 gemas
 Forma de pudim 

Pré-aqueça o forno – 180oC.


Coloque as avelãs numa assadeira e leve ao forno por uns 10 minutos para ficarem bem tostadinhas. Retire do forno e espere até que fiquem frias, retirei as peles. Pique as avelãs grosseiramente.(passei no processador)
Diminua a temperatura para 150oC.
Numa panelinha coloque o leite,  creme de leite, metade do açúcar, sal,  e avelã leve ao ponto de fervura sob fogo médio-alto (não deixei ferver). Retire do fogo e deixe descansar por 30 minutos para que o sabor da avelã penetre no creme.
Enquanto isso ponho os ovos, gemas e restante de açúcar numa tigelinha e bata bem com um fouet, para ficar com uma mistura uniforme.
Quando os 30 minutos passarem leve a panelinha de volta ao fogo e assim que se aproximar do ponto de fervura vá derramando a mistura na tigelinha com os ovos e misturando com um fouet vigorosamente, sem parar (retirei do fogo para não correr o risco de ferver).  Depois coe esta mistura e devolva o creme para a panelinha. Mexa até que a mistura engrosse – faça o teste da colher: se o creme revestir a parte detrás da colher. Coloque na forma de pudim e coloque as forminhas numa assadeira.  Leve ao forno em banho Maria – cubra a forma com papel alumínio, e asse por 30 minutos. Após 30 minutos retire o papel alumínio e deixe a forma no forno por mais uns 15 minutos até que o pudim fique no ponto. Retire a forma do forno e deixe esfriar. Leve à geladeira até a hora de servir.
Muito delicia este pudim, galera!






Ceia de Natal!

   guloseimas do Natal

Amigos,
Realizei-me neste natal: cozinhei o dia inteirooooo.. isto para mim é festa rs. A partir de hoje irei aos poucos postando cada receita.

Na véspera de natal comemos no almoço uma massa do Chef  britânico Jamie Oliver Pasta alla Norma. Para a ceia fiz: cupcakes de Limão Siciliano com cobertura de Cheesecake de limão e cobertura Buttercream,  Cookies triplos da Nigela e Cookies de Chocolate e Nozes, Pudim de Avelãs, Cookies de Parmesão com ervas, Torta de bacalhau,  Torta  de Chocolate do Patisser Pierre Hermé, Torta Gelada de Chocolate com Cupuaçu e como prato principal Pasta Alla Scoglio.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Ceia de Natal - COOKIES DE CHOCOLATE COM NOZ





Este foi o primeiro cookie de minha vida, achei-o no livro Cozinha passo a passo - Chocolate  - Larousse. Gosto porque é suave, não muito doce. Divirtam-se!


Ingredientes
200g de açúcar demerara
100g de manteiga
170g de chocolate mrio amrgo
220 g de farinha de trigo
1 ovo
100g de noz
1 colher de café de essência de baunilha
½ col. De café de fermento
½ col. De café de sal

Modo de fazer

1.       Peneire a farinha e o fermento juntos
2.       Corte o chocolate em pedaços e quebre grosseiramente as nozes
3.       Trabalhe a manteiga para deixá-la com consistência pastosa (mexo um pouco com uma concha)
4.       Junte o açúcar e o sal à manteiga e bata com um fouet até que a mistura fique esbranquiçada (bati um pouco na batedeira)
5.       Junte o ovo e a baunilha (uso o ovo gelado)
6.       Incorpore progressivamente a mistura de farinha com fermento
7.       Adicione os pedaços de chocolate e a noz. Misture bem e deixe descansar na geladeira por, no mínimo 15 minutos.
8.       Sobre uma assadeira forrada com papel-manteiga, coloque pequenas bolas de massa ( faço uma bola coloco na assadeira e amasso)
9.       Asse por 10 minutos em  forno preaquecido a 170º.
10.   Deixe esfriar para descolar

Obs.Você pode congelar. Coloque em filme plástico e enrole como rocambole. No momento de utilizar é só cortar em pequenos pedaços (amassar as borás para que o formato fique irregular.




quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

COOKIES! COOKIES!

Humm... como é fácil e gostoso esse biscoitinho de origem inglesa, mas, de sucesso absoluto nos Estados Unidos. De todos que fiz o que mais gostei sem dúvida é o de Chocolate da Chef britânica Nigella, fica com uns pedaçoes de chocolates bem cremosos. Seguem  dois posts sobre esses biscoitinhos metidos um deles tirei daqui:

COOKIE DE CHOCOLATE TRIPLO DA NIGELLA
125g de chocolate meio amargo de boa qualidade
150g de manteiga em temperatura ambiente
75 de açúcar mascavo(não tinha e coloquei refinado mesmo)
50g de açúcar refinado
30g de cacau em pó
150g de farinha de trigo
1colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/2colher(chá) de sal (não coloquei, pois a manteiga tinha sal)
1 ovo gelado
1colher(chá) de baunilha(aconteceu um acidente e coloquei uma colher de sopa, mas ficou bom)
350g de chocolate meio amargo picado ou gotas de chocolate

1) Na batedeira bata a manteiga com o açúcar até virar um creme
2) Em uma vasilha, misture a farinha, bicarbonato, cacau e sal de preferência peneirados
3)Derreta as 125g de chocolate no micro-ondas ou em banho-maria  e junte ao creme de manteiga
batendo sempre.
4)Adicione o ovo e em seguida os ingredientes secos e a baunilha, bata até ficar homogêneo. Desligue a batedeira
5)Incorpore delicadamente o chocolate picado

Forre a assadeira com papel manteiga, modele os biscoitos (faço uma bola e achato já na forma, mas há pessoas que usam  colher de servir sorvete ou uma máquina própria para formatar biscoitos a venda em casas de utensílios domésticos). Deixar uma distância de pelos menos 5cm entre os biscoitos. Asse no forno em temperatura baixa por 20-25min.
 Retire do forno e deixe esfriar na própria assadeira para endurecer, pois eles saem forno um pouco mole. Aguarde endurecerem para guardar.






Gente , o outro Cookie postarei depois: tô com sono...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Pizza de Frango com Catupiry de Liquidificador


Essa Pizza é a preferida daqui de casa e e facílima de fazer. Meu marido sempre diz que é melhor que qualquer uma das pizzarias (menos da Itália, acho..). Enfim é do Blog Da Caipirinha ao Cafezinho.Detalhe : a  de  hoje foi a melhor que já fiz!(deixava  a massa  descansar  demais.Melhor deixar o tempo de duplicar.

Ingredientes: (massa)
11/2 xícara (chá) de leite
1 ovo
1 tablete de fermento fresco esfarelado
1 colher (sobremesa) de açúcar

1 colher (chá) de sal
1/2 xícara (chá) de óleo (só usei 1/3)
21/2 xícaras (chá) de farinha de trigo

(cobertura)
1 peito de frango previamente cozido com temperos a gosto e desfiado
1 cebola bem batidinha
2 colheres de azeite
Folhinhas de manjericão
Um pouco do caldo do cozimento
Pimenta do reino
250g de catupiry
200g de mussarela ralada grossa

Modo de Preparo:
 (massa) -
 No copo do liquidificador coloque: o leite morno, o ovo, o fermento, o sal, o açúcar e o óleo e bata. Desligue e acrescente aos poucos a farinha de trigo, batendo sempre que for acrescentada, pode ser pulsadas.
Despeje em assadeira redonda de pizza apenas untada com margarina, espalhei com a colher e deixei descansar por uns 20 minutos.
cobertura
refogar cebola bem batidinha, azeite e colocar no frango umas folhinhas de manjericão e um pouco do caldo do cozimento. Adicionei pimenta do reino e refoguei até ficar bem sequinho.Processar o frango  e molhar com o caldinho.
 Após a massa descansar, espalhei o frango, o catupiry e a mussarela.










segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

TIRAMISÚ



Amigos,

Fiz essa sobremesa pela primeira vez nesse final de semana para uma festinha com amigos. Confesso que não fez tanto o meu gosto, mas como tem uma tradição tão grande, e a pedidos, estou postando aqui.

O doce surge em homenagem ao o Grão-duque de Toscana Cosimo III de Medici , um grande apreciador de doces.
O Tiramisú (ou Tiramissu) é um refrescante clássico pavê italiano, cujo nome significa algo como “me escolha” (Tirami Su). Figurativamente, o nome pode ser traduzido ainda como “faça-me mais feliz” (ou menos triste). Antigamente, cortesãs de Veneza acreditavam que deveriam consumir o tiramisú antes que os cavalheiros chegassem, para obter energia para entretê-los durante a noite inteira.

É muito simples e rápido de fazer, esta receita é da Revista Cláudia:

Ingredientes:

6 ovos (gema e clara separadas)
6 colheres de sopa de açúcar
500g de queijo mascarpone
28 biscoitos champagne
1 1/2 xícara de café forte, frio
240g de chocolate meio amargo picado grosseiramente
chocolate em pó para polvilhar

Bata as gemas com o açúcar na batedeira até obter um creme claro. Junte o mascarpone.
Em uma outra tigela bata as clara em neve, firme e misture ao creme.
Em um refratário de 22x30cm, distribua metade dos biscoitos molhados no café (sugiro molhar bem pouco, ou mesmo salpicar levemente pois o gosto do café é forte e dominante).
Cubra com metade do creme e com metade do chocolate picado.
Repita as camadas com o restante dos biscoitos, do creme e do chocolate.
Leve para gelar por uma hora, cobrindo com filme plástico.
Por fim, sirva polvilhado de chocolate em pó.

Rendimento: 12 porções
Observação: Os franceses embebem o biscoito com vinho em vez de café (versão italiana). Na verdade, para quem não gosta de café, há ampla possibilidade de experimentações, embeber o biscoito como baileys, creme de menta etc...
Talvez de uma próxima vez experimente com baileys, pos, justametne o gosto do café nào me agradou muito. outra coisa, melhor é fazer para ser consumido no mesmo dia.
Obs.: Fiz  novamenteo Tiramisú e  molhei  os  biscoitos com  licor  de  cacau.Ficou  muito melhor  que  o café.  O  melhor  também  é fazerno dia de servir.




quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Torta Holandesa ( à la Beto)





Hoje como sobremesa do almoço (fiz uma massa a la Scoglio que depois postarei),  resolvi fazer essa torta holandesa com algumas adaptaçoes feitas pelo Beto (por exemplo ele tirou as claras em neve), as receitas convencionais são cheias de manteiga essa praticamente não tem . O pessoal daqui de casa , simplesmente amou. Tenho uma observação a fazer sobre a bolacha : fica muito esfarinhada... na próxima acho que colocarei alguns minutos no forno para dar liga (se alguém tentar post nos comentários).
Aproveitem!
Ingredientes:

Massa:
200 g (1 pacote) de biscoito maizena ou similar  
70 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 pacote de biscoito amanteigado coberto com chocolate (utilizei um amanteigado de chocolate pois não achei  o recomendado pelo Beto.)

Recheio:
200 g de chocolate branco
150 g de cream cheese light
400 ml de creme de leite (2 caixinhas)
1 colher de sobremesa de gelatina em pó sem sabor dissolvida em 3 colheres de sopa de água
1 colher de chá de essência de baunilha
2 colheres de sopa de açúcar
Cobertura:
150 g de chocolate meio-amargo
1 caixinha de creme de leite (200 mL)

Modo de Fazer:

1)  Triturei as bolachas no processador maravilha que ganhei de Jane (minha mana). Depois misturei com  a manteiga
2)  Forrei o fundo de uma forma de 22 cm com papel  alumínio (na falta de papel manteiga).
3)  Coloquei a massa formada com as bolachas no fundo da forma e em volta coloquei as bolachas; Veja foto.

Recheio:

1)   Derreti o chocolate branco e adicionei as duas colheres de açúcar mais o Cream-cheese misturei com o fouet, com bastante suavidade para o chocolate não perder a têmpera. Adicionei as duas caixinhas de creme de leite, continue mexendo com consciência e adicione a baunilha.
2)   Adicione a gelatina, fia assim: hidratei com algumas gotas de água e a água restante coloquei no microondas para ferver. Quando ferveu juntei a gelatina hidratada e adicionei  à mistura  anterior.
3)  Coloquei esse recheio em cima da massa formada pelas bolachas e deixei no fezer por vinte minutos.
             Cobertura

1)   Dissolvi no fogo o chocolate meio amargo com o creme de leite  e coloquei em cima do recheio (já gelado).
2)  Deixei no freezer e retire meia hora antes de servir (para dar ponto de corte).













domingo, 5 de dezembro de 2010

BACALHAU À PORTUGUESA


Amo comida portuguesa! certamente essa é a primeira de muitas receitas de bacalhau que postarei aqui.E esta é do Q vinho. Acho essa receita simplesmente maravilhosa! (foi a comidinha da família hoje).
Ingredientes:
1 kg de Bacalhau do Porto
1 Pimentão verde ( não coloquei o verde)
1 Pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
3 tomates (não coloquei)
3 cebolas
10 batatas pré cozidas
1 vidro de palmito
Azeitonas pretas
Orégano

Compro o bacalhau dessalgado, tipo Porto. Utilizo um Azeite extra-virgem honesto. Atualmente uso  Torre de Quintela (português), não entendo de azeite, vou pelo sabor (não gosto de Galo, p/ex).
Unto um pirex com azeite. Coloco as postas  e na sequência as batatas(em rodelas grossas), os pimentões( podem ser em rodelas ou tirinhas),  as cebolas em rodelas ( no original eles pedem tomates mas não coloco). Rego com bastante azeite, salpico orégano. 30 minutos de forno (nos primeiros 15 min, coloco o papel alumínio, nos últimos 5 coloco as azeitonas pretas).
Agora é só servir com um arroz branco soltinho (minha mama faz um Mara!) ou simplesmente o bacalhau .