sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Pavê de Sonho de Valsa

Na hora que vi esse Pavê (nunca gostei de Pavês, no maximo um Tiramisu) pensei instantaneamente em Gabi. Ela ama essa mistura de chocolate mais chocolates etc...(Gabi é uma colega de trabalho). O pessoal amou tanto que nem tocou na torta do aniversário...Enfim, em homenagem a tanto sucesso resolvi repetir a dose la no trabalho e  publicar a receita aqui, rs. Na verdade o original é com Lancy. Mas, depois de rodar a acidade, desisiti e resolvi usar o Sonho de valsa, vou colocar a original e minha adaptação. Essa receita é de um BLOG que gosto muito Arte de Confeitar.

Minhas Adaptações:

1a. camada
Ingredientes:

2 caixas de biscoitos champagne (360 g.)
1 xic. de  chá deleite
3 col sopa dechocolate (usei do padre)

Modo de fazer

Misturei o leite com o chocolate
Molhei os biscoitos rapidamente e forrei o fundo de um pirex

2a. camada

Ingredientes:

1 lata de leite moça
1 lata medida de  leite
3 gemas

Modo de fazer

Misturei com um fouet o leite moça, o leite e as gemas .Levei ao fogo até engrossar, deixei amornando.

3a. camada
Ingrediente:

250 g de bom bom sonho de valsa  processado grosseiramente (eu usei 370 mas foi exagero)

4a.camada

Ingredientes:

180 g de Nutella (no proximo vou dobrar essa camada, o povo amou esse caldinho)
1 lata de creme de leite

Modo defazer:

Misturar a nutella com o creme de leite ate ficar homogeneo.


5a.camada  ou Cobertura

Sonhos de valsa picados com uma faca (coloquei 370 , tambem exagero.)

Montagem:

Sobrepus as camadas na ordem acima. Ao final ,cobri com 250 g (usei os 370 g, mas não faça isso)de sonho de valsa picado  em tamanhos regulares.

 Receita original que me inspirou.



E a festinha na empresa



terça-feira, 27 de setembro de 2011

Mousse de Chocolate



Amigos,
Sempre faço essa mousse. E tão pratica! sabe quando você esta com aquela super pressa? e alem disso e simplesmente d e l i c i o s a!! não é muito doce (eu ainda tiro o açucar, acho desnecessário). Enfim, é um coringa. É do Site da Revista Casa Jardim- Ed. Globo( receita de Beth Freidenson, nutricionista).

Ingredientes:

200g de chocolate meio-amarg
300g   de creme de leite fresco (usei de lata sem soro)
3 ovos inteiros
2 col de sopa de açucar (não usei)
hortelã e raspas de chocolate para decorar

Modo de Fazer

Inicialmente coloquei o chocolate para derreter em banho-maria.  Enquanto isso, bati as gemas com o açucar na batedeira até ficar claro e  reservei( na verdade não botei o açucar, soometne uma colherzinha de chá, mas na original pede). Acrescentei o chocolate ja derretido à gemada e bati um pouco na batedeira. Acrescentei o creme de leite e bati mais um pouco,  reservei. Bati as claras em neve. Neste ponto a receita original manda bater as claras com a mistura reservada. Eu prefiro misturar  levemente com um fouet. Coloquei em xícaras individuais e decorei com as raspas (não tinha hortelã). Mas também já coloquei numa vasilha única.
Rendimento 6 pessoas







domingo, 25 de setembro de 2011

Creme Gelado de Mascarpone com Amêndoas e Frutas

Oi Pessoal!

Já fiz duas vezes essa receita. Por último foi no jantar que fiz para minhas amigas. Hummm... É o que tenho a dizer! A suavidade, as texturas, o geladinho e o toque do mel com as frutas... ... É minha receita predileta para um jantar/almoço especial. Confesso que exagerei no tamanho das decaquoises (como tinha claras sobrando não calculei com precisão a quantidade e acabei usando clara em excesso aumentando o tamanho das decaquoises.) Mas seguindo a receita não tem erro! Achei no Trem  Bom. Muito boooooaaaa!

Ingredientes:
200g de amêndoas fervidas e sem casca (blanched em inglês)
6 claras
110g de açúcar
60g de açúcar de confeiteiro
50g de farinha de trigo
Modo de fazer

Processei as amêndoas bem finas no processador e reservei.
Desenhei três círculos de 18 cm num papel manteiga, e recortei-os coloquei em formas, mas, você pode colocar em assadeiras.
Bati as claras em neve e quando começou a formar picos suaves, acrescentei o açúcar. Quando os picos ficaram bem firmes e a mistura ficou bem brilhante acrescentei as amêndoas, açúcar de confeiteiro e farinha de trigo e misturei tudo delicadamente com uma colher de metal.
Usei um saco de confeiteiro para preencher os círculos de 18 centímetros (antes passei um tiquinho de manteiga) com a mistura. Levei ao forno e assei por uns 17 minutos, até que ficassem dourados. Enquanto a mistura estava assando preparei uma folha de papel manteiga polvilhando-a com açúcar de confeiteiro.
Quando os dacquoises ficaram prontos retirei do forno e deixei-os nas formas por 5 minutos antes de transferi-los para o papel manteiga previamente preparado. Deixei esfriar completamente.


CREME DE MARCARPONE

Ingredientes:
3 gemas
110g de mel (coloquei um pouco de açucar, 2 col, pois achei mieo sem açucar)
750g de mascarpone
60 ml de amaretto

Modo de Fazer
Preparei uma água para um banho- maria. Numa tigela coloquei as gemas e o mel, bati com um fouet e coloquei no banho-maria (já fervendo), bati por 7 minutos com o fouet ate que ficasse clara e grossa. Retirei do fogo e coloquei na batedeira (mas você pode bater com o fouet) e bati ate esfriar (fica lisinha). Em outra vasilha coloquei o mascarpone misturei bem, coloquei o amaretto e misturei até homogeneizar tudo. Acrescentei a mistura dos ovos e mexi bastante

MONTAGEM
Num prato coloquei o primeiro circulo de decaquoise (coloquei as decaquoises naquele formatador de bolos, mas você pode colocar diretamente uma forma que abre ao lado sem utilizar o prato e o formatador) e coloquei 1/3 do creme de mascarpone. Coloquei o segundo circulo mais 1/3 do creme. Em seguida coloquei o terceiro circulo e o restante do creme. Cobri com o filme plástico e coloquei no freezer. No dia seguinte transferi para a geladeira 30 minutos antes de servir (a original manda 15 minutos). Embebi as frutas com o amaretto. E quando servi coloquei as frutas e derramei mel por cima (da um visual lindo, pena que minha fila não fotografou de cima). Você pode utilizar as frutas conforme seu gosto e estação.

























quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sorvete de Queijo com Petit Gateau de Goiabada

Gente,

Que maravilha essa receita!! ameeeii!!. Começou quando uma amiga de minha filha falou de seu Blog: Cozinha Festeira (daqui da Bahia). Quando entrei vi essa receita... ela serviu o sorvete de queijo com goiabada, mas sugeriu que seria bom com o Petit Gateau. Ai o amigo Google funcionou... achei no Mais Voce esse Petit Gateau, também receita baiana (restaurante Capim Limão), enfim, foi sucesso no jantar que fiz para minhas amigas... (tudo bem que passou um tiquito do ponto e que a forma não era ideal.. mas o sabor..hummmm ...


SORVETE DE QUEIJO

Ingredientes:

3 Claras batidas em neve
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 copinho de requeijão cremoso
100 g de queijo parmesão (usei faixa azul e ralei na hora)

Modo de Fazer:

Bati as claras em neve e com a batedeira em velocidade média, coloquei o leite condensado aos poucos. Bati 5 minutos. Desliguei a batedeira e acrescentei o queijo, o requeijão e o creme de leite. Bati ate ficar um creme bem homogeneo. Levei ao congelador. Deixei ate o dia seguinte .

 
PETIT GATEAU DE GOIABADA
Ingredientes:

1/2 Kg de goiabada lisa (derretida com um pouco de agua)
200 g de manteiga derretida
100g de açucar
5 claras de ovos
10 gemas peneiradas
100 g de farinha de trigo peneirada

Modo de fazer:

Coloquei num recipiente a goiabada já derretida (deixei ficar um tantinho concentrada), juntei a  manteiga derretida. Acrescentei o açucar e mexi. Acrescentei entao as claras, as gemas (peneiradas) e a farinha de trigo peneirada. Mexi ate ficar homogeneo. Coloquei em forminhas untadas e enfarinhadas e levei ao forno (180°C)por exatos12 minutos (mas depende de seu forno), nem que fique com uma aparência de que está molinho a idéia é por dentro ficar um caldinho).

.
.

primeira versão






sábado, 10 de setembro de 2011

Massa com Queijo de Cabra, Salmão Defumado e Abobrinha

Gente,

Que coisa bonita este prato. Quando li a reportagem  sobre a blogueira Maria, do Blog Diga Maria! que está  fazendo sucesso, inclusive, esta receita criada por ela, foi publicada no caderno de receitas da Folha. Ela que estudou artes plásticas, mas, descobriu seu amor pelas panelas... apaixonei-me! E imediatamente comprei os ingredientes (caros!!! Só o queijo de cabra foi R$22,00!) Enfim, fiz e ficou lindo... comemos numa noite de sexta,  e como sobremesa um bolo de chocolate de Pierre Hermé, feito  pelo maridão ( terceira aventura na cozinha ).. . Vejam o vídeo e conheçam Maria!  A tempo, substitui o Salmão defumado por surubim defumado, pois a galera daqui não tolera esse peixe...
.


Ingredientes:
2 batatas médias
1 mandioquinha média
1 abobrinha média
1 cebola pequena
1 tomate médio
3 dentes de alho
1 folha de louro
alguns grãos de pimenta jamaica

Um pouco de azeite de oliva

Piquei tudo e coloquei numa panela com agua deixei ferver ate ficar macio, provei o sal.
Massa
Ingredientes para a massa
200 gramas de trine, pappardelle ou fetuccine (usei nin
ho grande)

120 gramas de queijo de cabra chevrè (aquele em forma de bolinhas cremosas vendidas num vidro com azeite)
100 gramas de salmão defumado em tiras finas (substitui por Surubim defumado
)
½ abobrinha média cortada palito (tiras com +/- 4 cm de comprimento)
3 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de azeite
½  colher de sopa rasa de farinha de trigo
10 grãos de pimenta do reino branca e preta
1 copo de caldo de legumes

Modo de fazer
Preparação:
cortei a a abobrinha e coloquei sal. Cortei o Surubim em tirinhas. Coloquei 2 l de água com sal e um fio de azeite para ferver.  Assim que ferveu coloquei a massa. Como não achei nenhum dos indicados usei um ninho largo, deixei ficar al dente.

Massa:
Coloquei as três colheres de manteiga com a colher de sopa de azeite no fogo. Acrescentei metade da pimenta em grãos   e rapidamente refoguei a abobrinha,  rapidamente para que ela ficasse al dente. Retirei e  acrescentei a farinha de trigo e fritei. Juntei o caldo de legumes, o restante das pimentas e três bolinhas do queijo . Deixei ferver  com o fogo bem baixinho.
O molho devera ter  ele deverá ter a consistência de uma emulsão, nem líquido, nem cremoso. Acrescentei o restante da manteiga e provei o sal (se ficar muito encorpado coloque um pouco da água do macarrão..
Desliguei o fogo e acrescentei a abobrinha e o Surubim. Misturei bem e acrescentei o restante do queijo (teve que ser rápido pois não queria que ele derretesse todo de uma vez e sim aos poucos). Aproveitei e coloquei um pouco do azeite da conserva e as pimentinhas rosas. Conforme a autora não precisa de queijo parmesão.
Divirta-se!















domingo, 4 de setembro de 2011

Badejo Grelhado com Molho Pesto e Tomate Recheado


Gente, essa foi nossa comidinha de hoje. Fez tanto sucesso que decidi postar logo. Achei no site da Casa dos Vinhos,e  é uma receita do Chef Sandoval Medeiros, daqui de Salvador. Ele usou Salmão, mas o pessoal daqui de casa odeia Salmão, então adaptei. Ficou muito bom!. Recomendo! 

Ingredientes
1 Kg. Filé de Badejo (alto)
½ Maço de manjericão
50 g Parmesão
10 g de Pinoles
1 Dente de alho
6 Tomates grandes, redondos e firmes
60 g Arroz
30 g. Salsinha
3 g. Orégano
200 g. Batatas
Azeite de oliva extra-virgem 170 ml.
Pimenta do reino branca .
Modo de Fazer
Preparacão:
Lavei o manjericão e retirei as folhas . Lavei os tomates e cortei na parte superior fazendo uma tampa retirei as sementes e a polpa com cuidado reservei o caldo que sai do tomate e a polpa. Piquei e reservei 6 folhas de manjericão e a salsinha. Descasquei a batata e cortei em fatias e cozinhei deixando a batata um pouco consistente.
Filé de Badejo - Temperei os filés de Badejo com pimenta branca moída na hora, sal e um fio de azeite e grelhei os filés, reservei .
Molho Pesto – Apesar da receita original ser no liquidificador como o meu esta quebrado, coloquei num machucador e machuquei com alho e misturei comos pinoles que processei e adicionei o azeite e o queijo parmesão ralado na hora.( Mas vocë pode colocar as folhas de manjericão no liquidificador compactar as folhas no fundo do liquidificador com as mãos. Adicionar o azeite de oliva extra-virgem até cobrir as folhas, adicione ½ dente de alho e bata rapidamente, se o liquidificador tiver o modo pulsar utilize, adicione o pinoles pique o pinoles grosseiramente, verifique a consistência do molho, não deve ficar muito fino, nem muito espesso, adicione azeite aos fios batendo rapidamente tomando cuidado para não aquecer demais e deixar a folha muito escura por último adicione o queijo e bata mais uma vez, observe a consistência).
Tomate Recheado – Temperei a parte inferior dos tomates com sal, pimenta do reino e um fio de azeite. O Arroz j a estava cozido desde o dia anterior. Coloquei o arroz em uma tigela juntei a salsinha e o manjericão picados, ½ dente de alho esmagado, um pouco do suco da polpa do tomate coado ( o restante do caldo e dos miolos dos tomates guardei para usar em algum molho), orégano, um pouco do azeite e mexi tudo. Distribui o  arroz temperado  nas cavidades do tomate cobri  com a tampa, coloquei os tomates recheados em uma assadeira colocando uma camada das batatas fatiadas e cozidas, regei com azeite (eu coloquei um pouco de oregano e pimenta branca nas batatas) e levei ao forno a 170º. Até completo cozimento.  

Montagem
Coloquei um pouco do molho pesto no prato de servir coloquei o filé de Badejo em cima do molho, coloquei o tomate recheado ao lado decorado com a “flor” de manjericão(como não sobrou coloquei um pouco de salsinha em cima).
Rendimento
6 pessoas



quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Cupcake de Coco com Cobertura de Chocolate Branco


Gente, esses cupcakes foram eleitos pelo pessoal do trabalho,  os mais  gostosos que já fiz ! Eu amei. A massa é aerada, chega derrete na boca! o sabor do chocolate branco com o coco.. hummm...
Recomendo! Achei no  Technicolor Kitchen que achou na Revista Donna Hay magazine . Super recomendo!

 
Ingredientes:


¾ xícara + 1 colher (sopa) - 184g - de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
¾ xícara + 1 colher (sopa) - 162g - de açúcar refinado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 ovos
1 ½ xícaras + 1 ½ colheres (sopa) - 225g - de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
3 colheres (sopa) de coco ralado (uso sempre fresco)

Cobertura:
500g de chocolate branco picadinho
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco (diminuí para 200)
140g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente (diminuí para 100)
2 xícaras de coco em lascas (fresco)

Pré-aqueça
o forno a 180°C; forre doze forminhas de muffin, com capacidade para ½ xícara (120ml) cada com forminhas de papel.

Modo de fazer:
Bati a manteiga, o açúcar e a baunilha  até obter um creme fofo e claro (o original manda bater na batedeira, mas eu estava com preguicinha..).  Juntei os ovos, um a um (há  uma razão quem souber escreva no comentário, mas tenho um livro que explica) batendo bem a cada adição. Peneirei a farinha e o fermento sobre a massa, acrescentei o coco e misturei. Coloquei a massa entre as forminhas preparadas e assei por 35 minutos (ou até que dourassem levemente - faça o teste do palito). Deixei esfriar completamente(deixo sobre a grade do fogão – mas vou comprar a gradinha de doceira, rs)
Para a cobertura:
Juntei o chocolate, o creme de leite e a manteiga numa panela pequena e levei ao fogo baixo, misturando sempre, até derreter e obter um creme homogêneo. Retirei do fogo (deixar esfriar completamente). Bati com uma batedeira até que se tornasse  espesso. Cobri os cupcakes com o creme (usando o saco de confeitar) e em seguida salpiquei  com o coco em lascas.

Obs 1: ( Patrícia  - Technicolor Kitchen) teve problemas com sua cobertura que não endurecia, ela então recomenda que diminua as quantidades do creme de leite e da manteiga, no que obedeci e o meu ficou perfeito.

Obs 2:  Nas fotos dos meus  cupcakes o coco não se misturou à cobertura, mas  depois ele foram se misturando. Você pode dar uma ajudinha, misturando levemente.., ou não, gosto do freguês.
 Medida:xicara de240ml